Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 Quando regressam para o brinde, Emídio bebe de uma assentada e logo Eduardo lhe diz que acaba de ser envenenado. O irmão vive momentos de pânico até ao momento que Laura confessa não ter sido capaz de colocar o veneno no copo do filho mais novo. Eduardo fica irado com a mãe e Emídio saca da pistola dizendo que o vai matar. Laura está dividida porque não quer a morte de nenhum dos filhos, enquanto Silveira tenta sacar da arma para proteger Eduardo.

 Este com uma calma invulgar manda que o segurança fique quieto. Eduardo e Emídio trocam acusações perante Laura, cada vez mais confusa. Quando percebe que Emídio vai disparar contra Eduardo, atira-lhe com champanhe para os olhos toldando-lhe a visão. Silveira dispara então para o braço de Emídio, desarmando-o. Laura corre a salvar Emídio cobrindo-o com o seu próprio corpo mas este, percebendo que Eduardo está disposto até a eliminar a mãe, afasta-a de si recebendo um tiro certeiro no coração. Laura chora cheia de arrependimento a morte do filho mais novo às mãos do mais velho, gritando como foi injusta com Emídio.

Consumado o desaparecimento do corpo de Emídio, Eduardo toma com gosto um lauto pequeno-almoço e ameaça Laura de morte, caso insista em querer saber onde está o filho mais novo que não pôde enterrar. Geraldo, alheio à tragédia da noite anterior, junta-se a eles para comer, convidado por Eduardo a juntar-se à nova matriarca dos Álvares.
Vera e António estão apreensivos por não conseguirem contactar Emídio, que lhes havia prometido provas contra Eduardo.

 Entretanto, este oferece a Marta o controlo do escritório de advogados, quando ela o questiona sobre o paradeiro de Emídio. Marta percebe que Eduardo já se livrou de Emídio e aceita com agrado o presente que acaba de receber.

Luísa também está preocupada e teme que agora que Emídio desapareceu, Eduardo tente matá-la novamente. Rogério conforta-a e ensina alguns truques de sobrevivência.
Vera e o inspector Cerdeira confrontam Eduardo com o desaparecimento de Emídio mas Laura, intimidada por Eduardo, esconde que Emídio foi assassinado.

Raimundo exige em julgamento uma fortuna de indemnização para cada uma das vítimas do P5, enquanto Eduardo sorri, ainda acreditando no seu triunfo em tribunal.
Geraldo treme de medo de Eduardo quando recebe as sondagens desfavoráveis na campanha eleitoral. Joana é humilhada por Laura por ter escolhido rosas para decorar a casa.

 

David Gomes venceu "Uma Canção Para Ti"

O vencedor da segunda edição de "Uma Canção Para Ti" foi David Gomes escolhido pelo publico interpertando a canção "Chamar a Música" de Sara Tavares.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:06



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D