Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Imagens de 1890 na série ‘Equador’

por SIC - Blog, em 01.12.08

Os actores Pedro Granger (príncipe Luís Filipe) e Sara Prata (Leonor)

Imagens inéditas de São Tomé e Príncipe reunidas num filme de 16 milímetros de 1890, do marquês de Vale Flor, vão ser uma das surpresas da série ‘Equador’, que estreia em breve na TVI e que vai ser apresentada à imprensa na terça-feira.
A série de 26 episódios, que se mostra no MIP de Las Vegas de 26 a 29 de Janeiro, já foi vendida a quatro países. A pensar na internacionalização, ‘Equador’ vai apresentar-se em HD (alta definição), no formato 16x9, com banda sonora finalizada em Belgrado.

No romance escrito por Miguel Sousa Tavares, cuja acção decorre na ilha de São Tomé durante o reinado de D. Carlos, é referido que a elevação a marquês do conde de Vale Flor foi um agradecimento pela forma como este último senhor recebeu o príncipe Luís Filipe na roça da Bela Vista, por ocasião da sua viagem às colónias.

'O filme, de 1890, comprado por nós, está em óptimo estado de conservação. Fazia parte do espólio dos descendentes do marquês de Vale Flor e agora vai ser preparado para ser apresentado no mercado internacional', explica ao CM André Cerqueira, coordenador do projecto e também director de Conteúdos e Qualidade da NBP.

Depois de meio ano de gravações e muitas deslocações a São Tomé e Príncipe, Brasil e Índia, a tão esperada série produzida pela Plano 6 em co-produção com a TVI, já classificada como a mais dispendiosa da ficção nacional, prepara-se para chegar ao pequeno ecrã com um elenco de luxo e algumas cenas com o autor da obra, Miguel Sousa Tavares, a fazer de seu bisavô. 'O Miguel esteve muito bem. Acho que o vou contratar para uma das minha próximas novelas', diz, a brincar, André Cerqueira.

Maria João Bastos e Filipe Duarte lideram um elenco que inclui Ruy de Carvalho, Nicolau Breyner, Alexandra Lencastre, Rogério Samora, Dalila Carmo, Joana Solnado, Vítor Norte, Marco d’Almeida e Miguel Seabra, entre muitos outros.

Para Rui Vilhena, autor da adaptação da obra para televisão, foi um 'desafio e uma responsabilidade mexer na obra de outro autor', porque, diz, corre-se 'sempre o risco das comparações entre o livro e a série'.

Vila Viçosa, Ericeira e Lisboa foram alguns dos locais que receberam, em Portugal, as gravações de ‘Equador’. 

MAIS DADOS

TRIÂNGULO AMOROSO

Na série, Maria João Bastos (na foto, à esquerda), no papel de Ann Rhys-More, é casada com o governador de Assam (Marco d’Almeida), mas vai apaixonar-se pelo governador de São Tomé (Filipe Duarte).

A FAZENDEIRA

Alexandra Lencastre vai fazer de Maria Augusta, rude proprietária de uma roça de São Tomé. A actriz surgirá sem maquilhagem e quase destituída de sinais de feminilidade.

 

Eugénia Ribeiro(CM)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2008
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D